images

Presidente do GeoRS 2022, Magnos Baroni comenta os destaques do evento que acontece nos dias 13 e 14/10

Rio Grande do Sul

28/06/2022

Após dois anos de distanciamento social, a comunidade geotécnica gaúcha poderá, enfim, se reunir presencialmente para compartilhar conhecimentos e trocar experiências. O palco do reencontro será o XI Seminário de Engenharia Geotécnica do Estado do Rio Grade do Sul – GeoRS 2022, organizado pelo Núcleo Rio Grande do Sul da ABMS. A próxima edição será realizada nos dias 13 e 14 de outubro, no Centro de Convenções da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).O engenheiro Magnos Baroni, presidente do GeoRS e tesoureiro do Núcleo, falou sobre as expectativas desta edição, apresentou os temas que serão discutidos e a abordou a importância do reencontro. Assista.

GeoRS 2022

Evento tradicional do Núcleo Rio Grande do Sul, o GeoRS é realizado em cidades do interior do Estado e tem como característica a presença de um grande público de estudantes - além de pesquisadores, profissionais e acadêmicos das áreas da Engenharia Civil, Geologia e Engenharia Sanitária e Ambiental de todo o Brasil.

GeoRS 2019

A programação de 2022 contará com palestras ministradas por profissionais renomados da geotecnia nacional, como o presidente da ABMS, Fernando Schnaid. Os participantes também poderão acompanhar as sessões temáticas sobre áreas específicas, como: Pavimentos; Fundações, barragens, taludes e contenções e Investigação Geotécnica e Geológica. 

Outro destaque do GeoRS 2022 será o GeoBowl – o divertido jogo de perguntas e respostas sobre engenharia geotécnica. Equipes de oito universidades irão competir entre si no jogo que acontece nos dois dias do evento.

Acompanhe as novidades da programação no site do GeoRS 2022: https://geors2022.com.br/ . Já as inscrições podem ser feitas acessando aqui.

O GeoRS 2022 conta com o patrocínio das empresas Geobrugg, Estaq Sondagens e Fundações, Geocentro, Incotep, MLF Engenharia e Projetos, FGS Geotecnia, SF Engenharia Diferenciada e Dywidag. E recebe o apoio da Associação Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental - ABGE, do Centro de Tecnologia da UFSM e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da UFSM (PPGEC-UFSM).


Temas relacionados: